Uma noite que valeu 40 anos de telenovelas

plenario-camara17

“Uma longínqua sala maluca pela noite dentro foi o passatempo de muitos portugueses.

O deputado Jair Bolsonaro, que iremos conhecer melhor como candidato às próximas presidenciais do Brasil, caprichou. Não o vou apresentar, ele encarregou-se disso. Dedicou o seu voto (“sim” pela impugnação) “ao coronel Brilhante Ustra”. Não sabem quem é? Bolsonaro explica: “[Ustra] foi o pavor de Dilma Rousseff.” Isto é, o coronel que torturou a presidente brasileira, quando ela esteve presa durante a ditadura. Barbaridade dita num parlamento, com o povo eleitor a assistir pela televisão. Mas, em vez de nos indignarmos com o furúnculo, devíamos dar atenção à doença endémica.

Raquel Muniz, deputada de Minas Gerais, também foi pela queda de Dilma: “O meu voto é para dizer que o Brasil tem jeito e o prefeito de Montes Claros mostra isso para todos nós com a sua gestão.” Ela referia-se ao marido, que a acompanhou a Brasília, para a ver votar “sim, sim, sim”, aos saltos. Horas depois, ontem, o prefeito Muniz foi preso, acusado de vigarice na sua empresa, um hospital particular em Montes Claros.

Ontem, ainda, vários deputados declararam que Eduardo Cunha – indiciado como corrupto – já não deverá ser demitido de líder do parlamento porque dirigiu bem o impeachment de Dilma. Acusar outra livrou-o de acusado…

Corrupção, um caldo que foi cultivado e generalizado pelo PT, o partido da vítima de domingo, Dilma. O Brasil precisa não sei de quê, mas precisa.”

Ferreira Fernandes

Anúncios
Explore posts in the same categories: Política

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: