Confiança

Resultado de imagem para imagens de desconfiança

“Desde o final dos anos 1990 que os portugueses não poupavam tão pouco – menos de 5% do rendimento disponível.

O aumento do consumo justifica parte desta tendência. Os juros insignificantes pagos pelos depósitos também não ajudam. Finalmente, os salários baixos também explicam a dificuldade em pôr de parte alguma coisa no fim do mês. Não é apenas o salário mínimo português que é distante dos outros países do euro. É o salário médio que revela em todo o seu esplendor a míngua nacional. Enquanto o ordenado mínimo por cá é 17% inferior, o médio tem um desvio negativo de 53%. Tudo isto ajuda a definir quem somos e como este contexto torna muito difícil a vida dos trabalhadores. Mas há outra explicação para a queda dos depósitos: a reputação dos bancos nacionais está pelas ruas da amargura.

A falência do BPN e do BPP e ainda a resolução do BES e do Banif abriram uma cratera colossal na confiança. Sofrem as ações dos bancos cotados, mas capitula também a capacidade para atrair clientes com liquidez. O facto de as poupanças estarem protegidas até aos 100 mil euros por depositante deveria ser suficiente para travar as dúvidas e secar o medo, mas a fraca credibilidade de quem zela por esta proteção – o Banco de Portugal – está a influenciar negativamente as decisões das famílias.

Para quem tem mais de 100 mil euros a situação é ainda mais clara: o risco de perda é um fator a ter em conta, seja nos depósitos seja na compra de produtos financeiros – o que serve de incentivo à fuga de capitais para paragens menos instáveis ou instituições estrangeiras. Como sempre, pagam os justos pelos pecadores.

A banca privada inteira, a boa e a má, é posta toda no mesmo saco de gatos. BCP e BPI têm-se esforçado por contrariar esta queda a pique da reputação do setor – mas sozinhos não vão lá. Vai ser preciso mexer na cúpula do Banco de Portugal e, pelo caminho, escolher um sucessor à altura para a CMVM, para que as pessoas voltem a confiar.”

André Macedo

Anúncios
Explore posts in the same categories: Sociedade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: