Mais um grande “cromo”

Parece anedota, mas não é!…

O ministro, por dez dias e ainda bem, Calvão da Silva – o tal do parecer sobre a idoneidade de Ricardo Salgado – foi ao Algarve para se inteirar dos prejuízos causados pela intempérie e comentou que o homem que morreu arrastado pelas águas foi vítima de uma “fúria da natureza” e se “entregou a Deus”. Inacreditável…

 Ver para crer:

Anúncios
Explore posts in the same categories: Sociedade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: